Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Boletim "O Gafanhoto"


VISITAS


Área Reservada


SEGUE-NOS


calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Sub 16 masculinos vencem em sangalhos e apuram-se para o Grupo 1

por gdgbasquetebol, Quinta-feira, 29.10.15

Os Sub 16 masculinos GDG/EPADRV venceram o Sangalhos (73-80) no segundo jogo desta primeira fase do campeonato distrital e apuraram-se para o Grupo 1 - Grupo Nacional da respectiva prova da AB Aveiro.

Foi um vitória muito importante que garante, desportivamente, o acesso a uma competição mais exigente mas, simultaneamente, mais motivadora. O resultado sorriu aos Sub 16 masculinos GDG/EPADRV apesar das dificuldades sentidas, conforme nos relata o atleta Carlos Soares.

Carlos.JPG«No domingo passado como segunda jornada fomos a Sangalhos ganhar por 73-80. No primeiro período entrámos com confiança para ganhar num período equilibrado. Tivemos com um bom ataque mas não conseguimos defender muito bem. Mesmo assim conseguimos ficar à frente por 4 pontos. No segundo período conseguimos aumentar o nosso resultado embora a equipa adversária também o tenha conseguido. Jogámos um bocado desorientados mas após o desconto de tempo que o nosso treinador pediu, conseguimos jogar com concentração e ir para o intervalo a vencer por 11 pontos. No terceiro período viemos com garra, força e com vontade para ganhar, com boas jogadas e subimos o marcador para os 14 pontos de diferença. Com alguma pressão, lances falhados e com um jogador quase a ser expulso, conseguimos ganhar com muito esforço, com o resultado final de 73-80. Assim conseguimos apurar-nos para o Grupo 1, embora ainda nos falte o jogo contra a Oliveirense.»

Atletas GDG/EPADRV: Rafael Estanqueiro, Ricardo Fernandez, Carlos Soares, João Gil, Hugo Rodrigues, Rúben Gomes, Pedro Vilelo, Tomás Carvalho e Gabriel Baptista.

SUB 16 masculinos.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:06

Basketball Without Frontiers no GDG

por gdgbasquetebol, Quinta-feira, 29.10.15

O GD Gafanha Basquetebol foi parceiro do projecto Basketball Without Frontiers.

A iniciativa teve início há cerca de três anos, num projecto comum entre o Clube do Povo de Esgueira e o clube alemão Lübeck Lynx, com o objectivo de criar momentos de troca de conhecimentos e experiências, tanto em Portugal, como na Alemanha, através de treinos, torneios e actividades ligadas à modalidade, tendo em vista o crescimento e o desenvolvimento do nível basquetebolístico dos clubes envolvidos.

Neste ano de 2015, o Basketball Without Frontiers teve a participação do GD Gafanha basquetebol que, na terça-feira, acolheu cinco atletas Sub14 masculinos que participaram no treino dos nossos jovens.

Foi com total satisfação que o GD Gafanha Basquetebol se associou a esta iniciativa, foi parceiro do Esgueira e acolheu os jovens atletas alemães, na perspectiva de que estas iniciativas e projectos são claramente enriquecedoras para todos e promotoras de trocas de experiências, sociais e desportivas, que potenciam o crescimento dos nossos atletas.

Nota final para um especial agradecimento ao Clube do Povo de Esgueira, direcção e coordenador técnico, pelo convite formulado (e prontamente aceite) ao GD Gafanha Basquetebol.

basket without frontiers 2015.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:27

Sub 13 mistos tiveram mais um jogo difícil

por gdgbasquetebol, Quarta-feira, 28.10.15

DSC05695.JPGOs Sub 13 mistos GDG/Peixovar tiveram o segundo jogo do Torneio Distrital da ABA. Nesta segunda jornada, deslocaram-se a Oliveira de Azeméis para defrontarem o ENESSE. Apesar das dificuldades sentidas, apesar do resultado final (5-1), este não espelha o desempenho dos nosso jovens guerreiros, tal como nos refere o treinador coordenador do Minibasquetebol, Jorge Cunha.

«Nesta segunda jornada do torneio distrital de Sub13 mistos, os jovens atletas do GDG deslocaram-se até Oliveira de Azeméis onde defrontaram a equipa do ENESSE. Foi um jogo equilibrado, embora o resultado final possa transparecer o contrário 5-1, mas nos momentos decisivos falhámos cestos fáceis permitindo à equipa contrária rápidos contra-ataques ganhando assim vantagem que não mais conseguimos anular. Apesar disso estivemos, por diversas vezes, na frente do marcador, só conseguindo ganhar o último período por 6-4, mesmo fazendo face à grande diferença de altura e de físico entre as duas equipas. Valeu a grande entrega ao jogo e espírito de sacrifício dos nossos atletas, que apenas com oito jogadores dignificaram o emblema do GD Gafanha Basquetebol.»

Parciais: 9-6; 10-5; 7-6; 8-5; 10-6; 4-6.


Equipa GDG/Peixovar: Tiago Carvalho; António Bonifácio; Gustavo Vieira; Rodrigo Abreu; Leonor Miranda; Maria Paz; Alícia Coquim e a jovem estrela Clara Miranda (Clarinha).
Treinadores: Maria Sousa e Rui Cruz.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:02

Sub 10 mistos em festa em Sangalhos

por gdgbasquetebol, Quarta-feira, 28.10.15

Os Sub 10 mistos GDG/Peixovar fizeram a festa e participaram, em festa, no Encontro de Minibasquetebol que decorreu em Sangalhos, no domingo passado.

Juntamente com o GDG/Peixovar estiveram equipas do Sangalhos, Atómicos, Galitos, Gica, Oliveirense e Sanjoanense.

Como se costuma dizer, "uma imagem vale por mil palavras". Não restarão dúvidas que, pelos rostos dos nossos enormes guerreiros, o basquetebol é uma festa.

Sub 10 mistos.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:25

Agenda Semanal - 28 de Outubro a 1 de Novembro de 2015

por gdgbasquetebol, Quarta-feira, 28.10.15

A semana desportiva inicia-se já hoje com a primeira eliminatória da Taça de Portugal em Seniores Masculinos. O jogo terá lugar no Pavilhão da Gafanha da Nazaré, às 21:30 horas, e colocará, frente-a-frente os seniores do GD Gafanha Basquetebol e o Olivais de Coimbra.

As equipas Seniores masculina e feminina continuam as suas jornadas nos respectivos campeonatos nacionais e estão a chegar ao fim os jogos referentes às primeiras fases das provas distritais, com a presença em campo das Sub 14 e Sub 16 femininas e dos Sub 16 masculinos.

Confira os jogos e a respectiva calendarização.

AGENDA 30 Outubro a 01 Novembro 2015.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:23

Sub 14 masculinos vencem irrepreensivelmente os campeões em título

por gdgbasquetebol, Terça-feira, 27.10.15

Apesar dos Sub 14 masculinos GDG/Conceito Família terem já assegurado o acesso ao grupo 1 do Campeonato Distrital (Grupo nacional) a recepção à AD Ovarense, campeões em título (vencedoras na época 2014-2015 do campeonato distrital), demonstrou uma equipa muito madura, consistente, empenhada e concentrada.

O jogo poderia ter figurado como um encontro para cumprir calendário, mas a motivação do confronto com uma equipa campeã e muito forte, como a Ovarense, projectou o que de melhor há nos Sub 14 masculinos do GDG Basquetebol. A provar tudo isto está o resultado final, bem expressivo: 87-44

É certo que a competição faz-se da regularidade, do menor número de erros cometidos, de um trabalho constante. É certo, como sempre defendemos, que o ganhar, embora importante, não é o principal objectivo da formação de atletas.

Mas não deixa de ser um facto que esta vitória frente à Ovarense é significativa e espelha as potencialidades dos nossos Sub 14 masculinos. Basta eles quererem e, como refere o seu treinador, Salvador Silva, não "adormecerem". É certo que é apenas uma "batalha" mas que soube bem vencer pela forma como foi encarado e disputado o jogo.

«Já com o apuramento para o grupo dos primeiros classificados assegurado, tínhamos pela frente um dos adversários mais fortes do nosso campeonato. Com uma entrada determinada em jogo, pressionando bastante o portador da bola, não permitindo segundos lançamentos ao adversário e com saídas rápidas em contra-ataque, facilmente ganhámos uma vantagem confortável. Terminámos o primeiro período a vencer por dezoito pontos. Era importante não adormecer no inicio do segundo período para, pelo menos, manter a vantagem conquistada. Não entrámos muito bem em termos ofensivos, deixámos de sair em contra-ataque e fomos complicativos do ataque organizados. Depois de um desconto de tempo serenámos os ânimos e voltámos a mandar no jogo, voltámos a defender melhor e a conseguir cestos fáceis que nos permitiram aumentar a vantagem conseguida no primeiro período. Saindo para o intervalo com uma vantagem de trinta pontos era importante não adormecer no terceiro período para não acalentar esperança ao adversário. Se o alertamos melhor os atletas o executaram. Mais um período totalmente dominado pela nossa equipa que terminou de vez com as esperanças do adversário. O último período acabou por ser aquele em que relaxámos na vantagem conquistada, dando também mais tempo de jogo a alguns atletas que têm sido menos utilizados. Excelente vitória que contudo não nos pode deixar adormecer. De realçar também o excelente ambiente proporcionado pelos nossos adeptos, pais principalmente, que deram um “colorido” especial a esta vitoria.» (treinador, Salvador Silva)

Atletas GDG/Conceito Família: Rui Pedro, Carlos Jesus, Pedro Bola , Eduardo Lopes, Miguel Fernandes, Gabriel Rouxinol, Miguel Lucas, Yosvani Culanda, André Rodrigues, Hugo Viegas, Diogo Secundino

sub 14 m - GDG vs Anadia.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:40

Seniores masculinos perdem com o Vasco da Gama, em vésperas da Taça de Portugal

por gdgbasquetebol, Terça-feira, 27.10.15

Na jornada que antecede a primeira eliminatória da Taça de Portugal (amanhã, 28 de outubro, 21:30, pavilhão da Gafanha da Nazaré, frente ao Olivais de Coimbra), os Seniores masculinos do GD Gafanha Basquetebol deslocaram-se de novo à cidade do Porto para defrontarem o Vasco da Gama 'B'.

Nesta jornada e neste regresso à "capital do Norte" os Seniores masculinos não conseguiram repetir o feito da primeira jornada, frente ao Salesianos, sendo derrotados por 68-62.

Tal como o resultado espelha (apenas 6 pontos de diferença) os Seniores estiveram muito perto de conseguir o objectivo (ganhar), mas os derradeiros minutos foram marcados pela pressão, pela ansiedade e pelos consequentes erros, tal como nos explica o treinador Salvador Silva.

«Segunda deslocação à cidade do Porto, desta vez para defrontar o Vasco da Gama B. Tal como nos vêm habituando ao longo dos anos encontrámos um adversário destemido, muito agressivo a defender e a apostar no ataque, quer no tiro exterior, quer no um contra um. Durante toda a primeira parte assistimos a um jogo nem sempre bem jogado, mas com incerteza no marcador, com várias alternâncias. Mais uma vez a nossa equipa cometeu alguns erros em alturas importantes que não nos permitiram ganhar vantagem. Saindo a perder para o intervalo tentámos corrigir alguns aspectos essencialmente defensivos e conseguimos entrar bem no terceiro período, anulando rapidamente a vantagem do adversário. Mas novos erros, desta vez no ataque, galvanizaram o adversário para um parcial de 14-0, obrigando-nos a correr atrás do marcador. Estivemos várias vezes perto de anular a desvantagem, mas alguma falta de discernimento fez com que não conseguíssemos atingir os nosso objectivos, que eram, como sempre serão, a vitória.»

Salvador Silva perspectiva ainda o próximo encontro, frente ao Olivais de Coimbra, para a Taça de Portugal: «Vamos levantar a cabeça e pensar já no próximo jogo, desta vez para a Taça de Portugal, contra um adversário com aspirações à subida de divisão. O Olivais de Coimbra é uma equipa forte que certamente nos colocará muitos problemas mas que, com determinação, tudo faremos para levar de vencida.»

Taca Portugal GDG vs Olivais - 2015.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:09

Faltou serenidade às Sub 14 femininas frente à Ovarense

por gdgbasquetebol, Segunda-feira, 26.10.15

As Sub 14 femininas GDG/Monteiro Carnes sofreram a segunda derrota (45-54) nesta fase da prova, frente à AD Ovarense, em jogo disputado neste domingo.

Mesmo reconhecendo o mérito na vitória da equipa da Ovarense, fica a sensação que as azulinhas do GDG Basquetebol podiam ter chegado a outro resultado, conforme explica o treinador das Sub 14 femininas, José Pires.

«A equipa da Ovarense foi uma justa vencedora. Entrámos mal no jogo e pagámos a fatura por isso. Claramente, neste jogo, abusamos no número de erros cometidos, jogámos desconcentradas, com alguma dinâmica mas pouca clarividência. Quando assim é, só pode haver um resultado.»

Atletas Sub 14 femininas GDG/Monteiro Carnes: Estefany Vasconcelos, Leonor Vidal, Carolina Bola, Matilde Costa, Beatriz Silva, Sara Santos, Maria Ventura, Maria Tavares, Inês Monteiro, Carolina Gonçalves, Inês Topete e Eduarda Comper.

As Sub 14 femininas ainda têm dois jogos para disputar, nesta primeira fase.

O próximo jogo é já no dia 1 de novembro, pelas 11:15 horas, no pavilhão da Gafanha da Nazaré, com a recepção ao Esgueira 'B'.

02 Sub 14 f - GDG vs sangalhos.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:11

Sub 18 masculinos sofrem derrota no último jogo da Fase I do Distrital

por gdgbasquetebol, Segunda-feira, 26.10.15

Os Sub 18 masculinos GDG/Óptica Branco sofreram nova derrota no derradeiro jogo da primeira fase do campeonato distrital.

Estava tudo em aberto para que a equipa do GDG pudesse ainda fazer parte do grupo 1 do distrital, mas a derrota na recepção ao ACR Vale de Cambra (58-67) deitou por terra essas aspirações.

No entanto, nada desta realidade retira a vontade e o querer dos Sub 18 masculinos, conforme nos explica o atleta Robalo.

IMG_7973.JPG«Vindos de um jogo difícil em que voltámos para casa com os mesmos pontos de quando saímos, pensávamos estar prontos para receber e vencer o próximo adversário: Vale de Cambra. Jogávamos na Gafanha e como diz a equipa: "em nossa casa, mandamos nós!"... mas falar, não chega. A equipa tem que tornar o que diz uma realidade e desta vez não foi suficiente para obter uma vitória importante que decidia a passagem ao grupo nacional. Durante todo o jogo, manteve-se um resultado renhido entra as equipas, mas houve uma grande diferença, que talvez tenha sido a diferença entre a vitória e a derrota. Essa diferença chama-se atitude. A equipa que viajou de Vale de Cambra, fez uma longa viagem para mostrar a todos os que estavam no pavilhão da Gafanha que eram uma equipa unida, uma equipa que lutou do início ao fim, sem vacilar, uma equipa que acabou por fazer a festa na nossa própria casa. Com a descida para a divisão abaixo deu para vermos que temos que ser mais "um só". Foi um grande jogo, muito intenso e com grande amor a este grande desporto. Agora resta à equipa mostrar o que vale na próxima fase.»

Não há agendamento competitivo próximo, já que este foi o último jogo da primeira fase do campeonato.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:12

Sub 16 femininas vencem dérbie com Galitos

por gdgbasquetebol, Segunda-feira, 26.10.15

No sábado as Sub 16 femininas do GDG/Doce ao Cubo tiveram uma deslocação difícil, até Aveiro, para defrontarem o Galitos, uma equipa mais forte e competitiva do que as até à data defrontadas.

Se o nível da concentração, da oposição, um maior grau de dificuldade, eram uma realidade, também é verdade que nem por isso a resposta deixou de ser positiva, mantendo as Sub 16 femininas a sua invencibilidade nesta fase do campeonato distrital, após o desfecho final: 78-86.

Este empenho e esta concentração são espelhadas na análise ao jogo produzida pela Sofia Dionísio.

IMG_8063.JPG«Na quarta jornada da Fase I do Distrital de Sub 16 Fem, deslocámo-nos ao Galitos (Aveiro) onde vencemos a equipa local por 78-86. Entrámos confiantes no jogo e isso refletiu-se tanto na defesa como no ataque, apesar de ter-mos perdido alguns ressaltos, acabando com um parcial de 15-22. No segundo período a defesa não foi a melhor e, através de vários contra ataques, o Galitos recuperou e chegou a estar, por breves minutos, à frente no marcador. Claro que a equipa não baixou os braços e recuperámos, acabando assim o segundo período com 22-23 no marcador. No terceiro período as adversárias entraram mais fortes, recuperaram e ganharam este período que acabou com um parcial de 25-19. No último período, a equipa sabia que tinha de dar tudo por tudo para sair de Aveiro com uma vitória, e assim foi: entrámos mais concentradas e fizemos um parcial de 16-22. O resultado final foi 78-86, dando assim continuidade às vitórias da equipa.»

Próximo e últimpo jogo desta primeira fase do Campeonato Distriral 2015/2016: sábado, 31 de outubro, pavilhão da Gafanha da Nazaré, às 16:30 horas, frente à AD Ovarense.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:31

Sub 18 masculinos derrotados em Ovar

por gdgbasquetebol, Segunda-feira, 26.10.15

Os Sub 18 masculinos GDG/Óptica Branco deslocaram-se a Ovar, na sexta-feira, para iniciarem mais um fim-de-semana com jornada dupla e decisivo para as aspirações da equipa e do clube.

Apesar do esforço e do empenho o maior potencial da Ovarense foi determinante para o desfecho final do encontro: 81-47.

O Atleta Sandro Ribeiro explica-nos, na primeira pessoa, como correu o jogo.

IMG_7972.JPG«Nesta sexta-feira passada jogamos contra a AD Ovarense, em Ovar. É uma equipa muito forte, mas não muito acima da nossa, esperávamos um jogo difícil, mas tivemos uma boa semana a treinar e estávamos concentrados. No geral tivemos uma primeira parte muito boa, com uma boa prestação nos lançamentos tanto exteriores, como nas penetrações para o cesto, tirando algumas faltas, ofensivamente. Na defesa tivemos algumas falhas com as penetrações fáceis por parte da equipa adversária e também os ressaltos ofensivos deles. Estávamos confiantes naquilo que fazíamos. Na segunda parte entrámos mais distraídos, com turnovers da nossa parte e contra-ataques da equipa AD Ovarense. Desconcentrámo-nos muito, no ataque não sabíamos o que fazer por causa da pressão da equipa adversária. Perdemos a vantagem que tínhamos, perder por 10, passámos a perder por 35. Sei que podemos conseguir melhor que isto e que ainda muito nos espera.»

Os Sub 18 masculinos precisariam de vencer o último jogo, em casa, frente ao ACR Vale de Cambra, para poder integrar o Grupo 1 do Campeonato Distrital.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 09:33

Resultados fim-de-semana 23 a 25 de outubro.

por gdgbasquetebol, Domingo, 25.10.15

Confira os resultado das equipas do GD Gafanha Basquetebol nos jogos disputados neste fim-de-semana de 23 a 25 de outubro.

Destaque para o apuramento dos Sub 16 masculinos GDG/EPADRV para o Grupo 1 e mais uma vitória das Sub 16 femininas GDG/Doce ao Cubo.

RESULTADOS 23-24-25 Outubro 2015.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:52

LXVII Taça de Portugal Masculina - 1ª Eliminatória

por gdgbasquetebol, Domingo, 25.10.15

Os Seniores Masculinos do GDG Basquetebol têm a sua primeira eliminatória da Taça de Portugal já na próxima quarta-feira.

O jogo terá lugar no Pavilhão Municipal da Gafanha da Nazaré, às 21:30 horas, e colocará frente-a-frente os Seniores Masculinos do GDG Basquetebol e o Olivais de Coimbra.

Precisamos do apoio de todos.

Taca Portugal GDG vs Olivais - 2015.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:37

Porque no GDG há mais vida para além do basquetebol

por gdgbasquetebol, Quinta-feira, 22.10.15

Não é estranho que um jovem com 16 anos escreva um livro. O que é novidade é que o GD Gafanha Basquetebol tenha na sua equipa de Sub 18 masculinos um atleta dedicado, motivado, competitivo, mas que encontrou, para além do universo do basquetebol, uma outra grande paixão e um sonho que persegue com a mesma intensidade com que se dedica ao basquetebol e aos estudos: a escrita e os livros.

Diogo Lourenco - livro 01.jpgO Diogo Lourenço é motivo de orgulho e respeito. Empenhou-se, correu riscos, esforçou-se, não baixou os braços, acreditou nas suas capacidades e no querer. E deu um enorme passo…
Transpôs para o seu sonho de ser escritor os princípios que defendemos e promovemos no GD Gafanha Basquetebol: entrega, dedicação, trabalho e o acreditar sempre. Acreditar que o basquetebol traz um conjunto de valores e fundamentos para a nossa vida é o que nos move pela modalidade; não perceber que “há mais vida para além do basquetebol” pode incorrer no risco de transformar uma paixão numa obsessão.

O Diogo Lourenço escreveu um livro e tem-no publicado como “edição de autor”, embora tivesse tido contactos com, pelo menos, duas editoras os encargos de edição/publicação eram elevados e o retorno não compensava (por exemplo, mil euros de investimento para um euro de retorno por cada livro vendido). É a “selva” do mercado cultural.

A nós, GD Gafanha Basquetebol, cabe-nos a tarefa e o dever de apoiar o nosso atleta, dar-lhe expressão e voz, ajudá-lo no seu sonho, lembrando sempre as palavras da Coordenadora Técnica, Ana Catarina Neves, no dia da apresentação pública do projecto GDG Basquetebol 2015-2016: “na nossa intervenção técnica vamos procurar continuar a desenvolver os nossos jovens como um todo, com bons princípios, com bons valores, responsáveis, solidários, com espírito de sacrifício, trabalhadores. Não nos revemos só na parte do campo, nem na parte técnica, no meter cesto, mas também na parte de fora do campo. Ajudar a construir um sociedade um bocadinho mais solidária e melhor. Tão importante como o ganhar é a parte do saber Ser e saber Estar”.

Sobre o que esteve na origem deste projecto, sobre as dificuldades de concretizar o sonho, sobre o que foi e o que é este “Pensamentos de um adolescente” nada melhor do que ler o que o Diogo tem para nos transmitir, na primeira pessoa.

«O meu nome é Diogo Lourenço. Tenho uns meros 16 anos, vivo em Aveiro e troco os “v’s” pelos “b’s”. Nasci naturalmente, diretamente daquele sítio que todos sabemos onde fica. Jogo basquetebol e admito que tenho um talento inato para a escrita. Já experimentei quase todo o tipo de desportos e os que faltam ainda vou experimentar. Gosto de cozinhar, de fotografar, de fazer desporto, de fazer voluntariado, de conhecer pessoas novas, enfim, de tudo um pouco. Todos os meus gostos e hobby’s tornam-me bastante diferente dos outros rapazes, e na minha opinião, ser diferente é bom. O meu sonho era ser astronauta mas depois percebi que tinha medo das alturas, mais tarde, o meu sonho mudou. Queria ser bombeiro, mas depois percebi que tinha medo do fogo. Também queria ser polícia, mas depois percebi que era demasiado medricas para andar à porrada. Decidi não decidir por agora. Foi quando vivi o período mais negro da minha vida que me apercebi o quão magnífica ela pode ser. Comecei a ter a necessidade de me exprimir de outra forma para além da verbal, por isso refugiei-me na escrita. Iniciei-me pelos textos pessoais, e mais tarde, após a opinião de muitas pessoas, decidi criar um blogue. E foi aqui que se iniciou o que eu chamo de “ Viagem de volta à felicidade”. As visualizações do blogue dispararam, a publicação de textos tornou-se constante e comecei a ter grupos de fãs. A divulgação sempre foi o meu ponto fraco. Recorri às redes sociais como forma de o dar a conhecer, mas mesmo assim, na minha opinião, nunca foi suficiente. Após o sucesso do blogue senti a necessidade de chegar mais longe. Os elogios ao meu talento eram motivadores e foi graças a eles que tive a força para fazer um livro. E não foi apenas juntar uns textos, uns títulos e arranjar uma capa. Foram 6 meses de sofrimento convertido em palavras, horas passadas à frente do computador, e-mails trocados com editoras e, o mais difícil, conciliar este trabalho todo com a escola e o basquetebol. O mais incrível é que tanto na escola, como no basquetebol, o meu rendimento não foi minimamente afetado, até porque nessa época não me recordo de ter faltado a um treino. Na escola foi igual, acabei o ano letivo com uma média de 17,5. Como é que consegui? Lutei e nunca parei de querer de atingir o que queria. Superei todos os desafios, todas as críticas e obstáculos. Sofri, pensei em desistir de tudo, e mesmo assim, consegui erguer-me. Com apenas 16 anos já vivi tanto e ainda sonho em ser tudo, mas continuo a ser tão pouco. Agora estou melhor do que nunca. O livro atingiu as 60 vendas, o blogue as 10 mil visualizações e não tenciono parar. Tenho divulgado o livro na escola e nas redes sociais, tenho criado marcadores, peças de roupa e autocolantes como forma de ganhar dinheiro para conseguir imprimir mais livros. Tive de ser eu próprio a falar com uma gráfica, de elaborar a capa e ainda tive investir imenso dinheiro. De tanto sofrer, aprendi a viver. Todos os dias dou um passo em frente para alcançar os meus objetivos. Alguns já foram cumpridos, mas como nunca vou parar de querer mais, nunca me irei acomodar com o que já consegui conquistar.»

Dados biográficos do Diogo Lourenço:
- facebook ( https://www.facebook.com/Diogo-Louren%C3%A7o-1696235500606752/ )
- blogue pessoal: ( http://cenasdavidadeumadolescente.blogspot.pt/?view=classic )

Primeira apresentação do livro: Escola Secundária da Gafanha da Nazaré - 27 de outubro - 10:00 horas

Diogo Lourenco - livro 02.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:09

Sub 18 masculinos vencem primeiro jogo ofocial da época 2015-2016

por gdgbasquetebol, Quinta-feira, 22.10.15

Iniciou-se, no passado sábado, o Campeonato Distrital de Sub 18 masculinos - Fase I.

Na primeira jornada a equipa do GDG/Óptica Branco deslocou-se até Anadia para cumprir o seu primeiro jogo oficial. Ansiedade, algum nervosismo, a não nomeação de árbitros oficiais, foram factores que acabaram por ser superados pelos Sub 18 do GDG que venceram por 40-57 e entraram assim com o pé direito no campeonato.

O atleta Sub 18 masculinos, João Paz, explica-nos como é que chegaram a esta importante vitória.

Joao Paz.JPG«No dia 17 a equipa de Sub 18 masculina do GD Gafanha Basquetebol visitou o Anadia FC. Um jogo renhido, no entanto sempre controlado pela equipa do Gafanha, onde se verificou que a defesa realmente ganha jogos. Uma exibição com poucos pontos, muito próximo até ao fim, mas onde a equipa do Gafanha triunfou. No primeiro período a equipa do Gafanha entrou muito forte fazendo um parcial de 8-16. Seguiu-se um segundo período mais equilibrado mas sempre no controlo da equipa visitante, chegando ao intervalo com o resultado 18-2. Após o intervalo a equipa da casa deu resposta à superioridade antes estabelecida pelo Grupo Desportivo do Gafanha, sendo dominante neste período num parcial de 14-10. No último período a equipa do GDG “carimbou” a sua vitória dominando até ao final do jogo e não perdendo a cabeça quando o adversário pressionou mais e tentou aproximar-se. No final, a equipa do Gafanha ganhou o jogo por 40-57.»

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:10

Seniores femininas muito perto da vitória no primeiro jogo oficial

por gdgbasquetebol, Quarta-feira, 21.10.15

No primeiro jogo oficial da época, no ano de regresso à I Divisão Nacional, as Seniores femininas do GDG/Esporgel estiveram muito perto de conseguir entrar no campeonato com a “mão direita”. O calendário determinava a deslocação ao Porto, Maia, para defrontar a equipa do Juvemaia que venceu o encontro por 61-58.

«Num jogo muito equilibrado, onde a alternância do marcador foi constante, acabou por prevalecer a maior serenidade, maior rigor táctico e maior concentração, por parte das atletas do Juvemaia, perante a ansiedade do primeiro jogo, a falta de rotinas e as necessárias mudanças de hábitos e atitudes, presente nas atletas do GD Gafanha Basquetebol. Mantendo-se sempre a incerteza quanto ao desfecho final do jogo (no qual o GDG chegou a estar a vencer por oito pontos de diferença), foi a pressão dos segundos finais que ditaram o resultado com o nervosismo da equipa e a falta de coragem para assumirmos os riscos do lançamento final. Houve, no entanto, boas indicações, uma grande entrega por parte da equipa, a noção da verdadeira importância do enquadramento das atletas do protocolo no grupo, e também a certeza que há ainda muito trabalho a ser feito, que levará o seu tempo mas que trará também os seus frutos.» Miguel Araújo, treinador adjunto.

Atletas GDG/Esporgel: Silvana Dias, Maria Vechina, Carolina Marques, Sara Janela, Sara Dias, Ana Quaresma, Rita Mendes, Daniela Jesus, Tânia Costa, Vitalina Pinto, Joana Fernandes e Joana Peixinho.

DSC05934.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:52

Agenda Semanal - 23 a 25 de outubro de 2015

por gdgbasquetebol, Quarta-feira, 21.10.15

À terceira jornada (para quem iniciou mais cedo as competições) o fim-de-semana desportivo começa mais cedo. Desta vez vai de sexta-feira a domingo.

Os Sub 18 masculinos GDG/Óptica Branco abrem a agenda competitiva do GDG com um jogo, em Ovar, frente à AD Ovarense, pelas 21:00 horas, com a perspectiva de reverterem o resultado negativo da segunda jornada e provarem que tudo não passou de um deslize.

No sábado, pelas 21:00 horas, registo para o primeiro jogo oficial em casa das Seniores Femininas GDG/Esporgel, neste regresso à I Divisão nacional, frente a um forte adversário: Desportivo da Póvoa.

No domingo temos tarde cheia no Pavilhão da Gafanha da Nazaré com os Sub 14 masculinos GDG/Conceito Família, às 14:30 horas, frente à Ovarense; às 16:30 é a vez das Sub 14 femininas GDG/Monteiro Carnes entrarem em campo para também receberem a Ovarense e, por fim, a fechar o dia é a vez, de novo, dos Sub 18 masculinos GDG/Óptica Branco terminarem esta primeira fase do Campeonato Distrital com a recepção do ACR Vale Cambra.

Importa ainda destacar os jogos que se realizam por diversos pavilhões e que contam com a presença de várias equipas do GDG Basquetebol. A saber: as Sub 16 femininas GDG/Doce ao Cubo deslocam-se a Aveiro, no sábado, para defrontarem, às 16:00 horas, o Galitos e, ainda no sábado, os Seniores masculinos visitam o Vasco da Gama, pelas 17:30 horas. No domingo há festa do minibasquetebol para os minis 10 GDG/Peixovar, em Sangalhos, às 10:00 horas; os Sub 16 masculinos GDG/EPADRV visitam o Sangalhos, pelas 11:15 e há ainda a registar a deslocação dos Sub 13 mistos até Oliveira de Azeméis para o confronto com o ENESSE.

AGENDA 23 a 25 Outubro 2015.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:50

Às Sub16 femininos não falta mérito, nem entrega exemplar

por gdgbasquetebol, Terça-feira, 20.10.15

No cumprimento da terceira jornada da I Fase do Campeonato Distrital de Sub 16 femininos a equipa do GDG/Doce ao Cubo voltou a vencer de forma expressiva, sem perder o respeito pelo adversário, mas sem igual condescendência ou menos empenho. Desta vez as Sub 16 femininas do GDG/Doce ao Cubo receberam a AD Vagos e venceram por 103-15.

A atitude, a entrega, a concentração e o empenho são as palavras-chave para mais um resultado inquestionável. Aliás, tal como expressa a Maria Araújo na sua análise/resumo do jogo.

Araujo.JPG«O terceiro jogo das Sub 16 femininas do GDG/Doce ao Cubo realizou-se no dia 18 de outubro, no pavilhão da Gafanha, onde recebemos e vencemos a AD Vagos com um persuasivo 103-15. Entrámos um pouco relaxadas para o jogo, o que se refletiu na defesa, que não foi a melhor. Defendemos sempre a campo inteiro e apesar da pressão maioritariamente as adversárias conseguiram levar a bola. O ataque destacou-se da defesa, pois estivemos bem e fizemos vários contra-ataques. Fizemos bastantes roubos de bola, no total foram 24, também algumas assistências (12), e perdas de bola foi apenas uma. Mesmo que o resultado tenha sido distinto houve a nossa dedicação, merecimento e entrega.»

Resultados parciais: 1º período: 16-4; 2º período: 35-6; 3º período: 24-0; 4º período: 28-5
Resultado final: 103-15

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:53

Sub 16 femininas mantêm vitórias expressivas

por gdgbasquetebol, Terça-feira, 20.10.15

As Sub 16 femininas GDG/Doce ao Cubo mantêm, nesta primeira fase, a série de invencibilidade com resultados bastante expressivos, ao fim de três jogos realizados.

Os desníveis verificados nos resultados têm muito do mérito competitivo e desportivo do grupo de trabalho, da entrega e dedicação das atletas.

No sábado, 17 de outubro, as Sub 16 femininas GDG/Doce ao Cubo deslocaram-se a Oliveira do Bairro para defrontarem e vencerem os Atómicos por 82-39.

Ana Maria.JPGA Ana Maria conta-nos como foi o jogo e como é que as Sub 16 femininos chegaram a mais uma vitória expressiva.

«No segundo jogo consecutivo da Fase Distrital de Sub 16 Fem o GDG/Doce ao Cubo deslocou-se à casa dos Atómicos (Oliveira do Bairro) onde o Gafanha se destacou no marcador com um resultado final de 82-39. No primeiro período entrámos um bocado desconcentradas o que prejudicou tanto na defesa como também no ataque. A autoestima não foi das mais elevadas devido aos diversos lançamentos falhados pela equipa, acabando com o resultado final de 14-9. No segundo período a equipa entrou mais concentrada o que se reverteu numa melhor defesa e um ataque mais organizado, ficando no final da primeira parte 38-20. No terceiro período não houve alterações a nível de defesa, como também no ataque, em relação ao segundo período, apontando no marcador um resultado de 59-34. Nos últimos 4/5 minutos a equipa adversária não conseguiu recuperar e o Gafanha aproveitou essa oportunidade ganhando uma vantagem maior sobre o resultado delas ficando assim 82-39.»

Parciais: 1º Período: 14-09; 2º Período: 24-11; 3º Período: 21-14; 4º Período: 23-05.

Próximo jogo, sábado, dia 24 de outubro: Galitos vs GDG/Doce ao Cubo - 16:00 horas,

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:10

Sub 18 masculinos perderam no primeiro jogo oficial em casa

por gdgbasquetebol, Terça-feira, 20.10.15

Depois da vitória na primeira jornada no dia anterior, frente ao Anadia (40-57) a ansiedade do primeiro jogo oficial em casa, o nervosismo pelo derbie regional com o Esgueira e o cansaço físico de uma jornada dupla exigente, foram algumas das razões para que os Sub 18 masculinos GDG/Óptica Branco perdessem o segundo jogo da Fase I do Campeonato Distrital, na recepção ao Esgueira (57-67).

IMG_7934.JPGMelhor justificação é dada por quem viveu, por dentro e intensamente, o jogo, com a análise do atleta Eduardo Costa (Duka).

«Com a vitória do dia anterior, entrámos no jogo confiantes, a querer ganhar o jogo. E com muita intensidade, fazendo um parcial inicial de 11-0. No segundo período, com menos intensidade e concentração deixámos o Esgueira aproximar-se no marcador, apesar de chegarmos ao intervalo a vencer. Depois do intervalo entrámos um pouco desconcentrados e isso levou a equipa adversária a passar para a frente do resultado. Durante o quarto período ainda conseguimos empatar mas com a pressão do jogo desconcentrámo-nos um pouco e isso levou a equipa adversária a passar para a frente do resultado que se manteve até ao final do jogo.»

Os Sub 18 masculinos têm ainda dois jogos (de novo em jornada dupla, embora com um dia de intervalo - sexta e domingo) para reverterem a situação e demonstrarem as suas capacidades e o seu real valor.

Sexta-feira, 23 de outubro: AD Ovarense vs GDG/Óptica Branco (21:00 horas)
Domingo, 25 de outubro: GDG/Óptica Branco vs ACR Vale Cambra (18:30 horas - Pavilhão da Gafanha da Nazaré).

SUB 18 - jogo 1.jpgSUB 18 - jogo 2.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:46


SUCESSO - X Torneio Internacional e VI Torneio Carnaval


SlideShow - PATROCINADORES


EQUIPAS 2017/18


TREINADORES 2017-2018



Pág. 1/3