Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Boletim "O Gafanhoto"


VISITAS


Área Reservada


SEGUE-NOS


calendário

Dezembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D


GDG Basquetebol presente e premiado na Gala da ABA 2014 - 82º aniversário

por gdgbasquetebol, Sexta-feira, 05.12.14

A Associação de Basquetebol de Aveiro - ABA, celebrou o seu 82º aniversário com a promoção da VIII Gala ABA 2014, que teve lugar, na sexta-feira (28 de novembro), no "Quartel das Artes" em Oliveira do Bairro.

Neste momento alto da Associação de Basquetebol de Aveiro foram homenageados clubes campeões, técnicos e, principalmente, os atletas que venceram os respectivos campeonatos pelos seus clubes ou que representaram as várias selecções da ABA.

O GDG Basquetebol marcou forte presença no evento, como espelho do respeito que sempre demonstrou e que pretende vir sempre a demonstrar pela modalidade, pela ABA, por todos os clubes e atletas adversários, para além de festejar o culminar de uma importante época desportiva (2013-2014).

A saber: 4º lugar distrital em Sub20 masculinos; 2º lugar distrital em Sub19 femininos; 1º lugar/Campeão Distrital em Sub14 femininos (para além do 3º lugar nacional) e 1º lugar/Campeão Distrital em Sub14 masculinos.

Acresce ainda a presença de atletas do GDG Basquetebol nas diversas selecções distritais da ABA.

Veja algumas das imagens da VIII Gala da Associação de Basquetebol de Aveiro (82º aniversário).

 (as imagens foram recolhidas pela empresa SportFlash e foram extraídas da página oficial do facebook da ABA)

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:35

Seniores masculinos entregam vitória nos segundos finais

por gdgbasquetebol, Sexta-feira, 05.12.14

Seniores masculinos_web.jpgOs seniores masculinos GDG/Peixovar tudo tentaram para vencer a forte equipa do Olivais, no jogo realizado no passado sábado, na Gafanha da Nazaré.

Vinte segundos finais de forte emotividade e ansiedade provocaram alguns erros cruciais e 'fatais' para o desfecho final do encontro, registando o resultado de 64-67.

Apesar do esforço e da excelente postura e atitude da equipa, o natural nervosismo e a precipitação aliada ao enorme querer em dar a volta ao resultado retiraram alguma lucidez nos momentos cruciais, entregando ao Olivais o desfecho positivo deste emotivo encontro.

Importa realçar o facto do adversário ser um dos fortes candidatos, neste grupo, juntamente com a equipa do Galitos.

Nota final, antes da análise do treinador João Anastácio para a dignidade da sua postura como técnico e responsável por este grupo de trabalho, ao enaltecer o esforço e atitude dos seus atletas e ao assumir, publicamente, a responsabilidade pelos resultados. Também aqui, e fora do campo, se "joga basquetebol" com respeito e competência.

«Defrontámos a equipa do Olivais que se encontra a fazer um bom campeonato, tendo somente uma derrota com a equipa mais forte da nossa série, o Galitos. Sabíamos que iria ser um jogo difícil, tem jogadores muito fortes no 1x1, um bom base que sabe gerir bem o jogo, bom lançador, e que muito do jogo do Olivais passaria por ele; estávamos avisados para isso.
Começámos muito bem o jogo, muito fortes e decididos, marcámos 46 pontos na primeira parte, tivemos uma vantagem de 19 pontos, mas fomos para o intervalo a vencer apenas por 12 pontos (46-34). Quando nada o fazia prever a segunda parte foi um completo desaire. Com a alteração defensiva que a equipa adversária trouxe para o jogo nesta segunda parte, não fomos capazes de criar as melhores soluções para contrariar a nova aposta defensiva do Olivais, fomos incapazes de ultrapassar os obstáculos defensivos, cometemos muito erros não forçados, e a equipa adversária ia aproveitando o nosso desacerto, encostando, paulatinamente, no resultado. O 4º e último período, iniciado com uma vantagem nossa por um ponto, foi muito equilibrado e emotivo.A 30 segundos do final do encontro o jogo encontrava-se empatado; quem cometesse menos erros no fim iria ganhar. Só que, mais uma vez, voltámos a cometer erros não foçados.
Importa descrever estes empolgantes momentos finais. Com alguns segundos para jogar, com o jogo empatado, e após um lançamento falhado da nossa parte fizemos uma falta desnecessária  ainda no campo defensivo do adversário, colocando o jogador da equipa adversária na linha do lance-livre. O primeiro lance-livre foi convertido e o segundo falhado, registando o marcador a vantagem de um ponto para o Olivais. Ainda tínhamos tempo de atacar e vencer o jogo, mas um passe precipitado e não forçado coloca a bola na mão de um jogador adversário que ataca o nosso cesto sofrendo falta, colocando novamente na linha do lance-livre. Desta vez os dois lances-livres foram convertidos e o Olivais passa a ganhar por 3 pontos de diferença. Pedido o último desconto de tempo para podermos delinear um último lançamento que nos pudesse dar, pelo menos, o empate e garantir um prolongamento. Faltavam jogar 4.5 segundos, tempo suficiente para um último lançamento. Os jogadores do GDG Basquetebol executaram, na perfeição, aquilo que lhes tinha sido pedido, conseguindo lançar dos 3 pontos, só que o meu jogador sofreu falta, não convertendo e colocando-o na linha do lance livre. Ficámos a perder, de novo, por 1 ponto. A equipa adversária pede um desconto de tempo, com a respectiva reposição de bola no nosso campo defensivo. Só que a pouco mais de um segundo, já não tínhamos muito a fazer a não ser que na reposição conseguíssemos recuperar a posse de bola e tentar algo quase impossível que era lançar de muito longe e converter. Ainda na esperança e na ansiedade de voltarmos a ficar com a bola, cometemos uma falta e colocámos o jogador adversário para linha do lance livre. Convertidos os dois lançamentos o Olivais terminou o jogo vencendo por 3 pontos. Toda este emoção e incerteza quanto ao desfecho do encontro em pouco mais de 20 segundos.
Da nossa parte temos que rever alguns processos que nos levem a sermos mais constantes e equilibrados entre as duas partes dos jogos. Como treinador assumo todas as responsabilidades pelos resultados negativos, já que estes atletas tudo fazem (e fizeram) para vencer os jogos. Umas vezes conseguimos e somos mais felizes, outras vezes não, sem esquecer o mérito e o valor dos adversários, já que não jogamos sozinhos». (treinador João Anastácio)

(nota de redacção/rodapé: enquanto treinador e colega do João Anastácio, independentemente do reconhecimento da atitude, do esforço e do valor dos atletas que integram este grupo, manifesto a minha solidariedade e respeito por esta digna atitude do treinador dos seniores ao assumir so resultados negativos da equipa - miguel araújo)

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:08


SUCESSO - X Torneio Internacional e VI Torneio Carnaval


SlideShow - PATROCINADORES


EQUIPAS 2017/18


TREINADORES 2017-2018

COORDENAÇÃO

Coordenação Geral

Minibasquete

MASCULINO

Seniores

Sub 18

Sub 16

Sub 14

FEMININO

Seniores

Sub 19

Sub 16

Sub 14

INICIAÇÃO - MINIS

Sub 13 - iniciação

Minibasquete