Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Boletim "O Gafanhoto"


VISITAS


Área Reservada


SEGUE-NOS


calendário

Novembro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D


Sub 14 masculinos terminam Final Nacional em terceiro lugar

por gdgbasquetebol, Segunda-feira, 20.06.16

13434858_1014913335230992_3485087029006960186_n.jp

Terminou ontem a Fase Final do Campeonato Nacional Sub14 Masculinos, prova da Federação Portuguesa de Basquetebol e organizada pela Associação de Basquetebol de Coimbra, que sagrou o Barreirense como Campeões Nacionais Sub14 masculinos 2015-2016 e colocou, tal como há dois anos com as Sub14 femininas (em Ponte de Lima), a equipa Sub14 masculina GDG/Conceito Família num honroso e meritório terceiro lugar.

Pelo pavilhão do Olivais de Coimbra passaram as equipas Sub14 masculinas do União Sportiva (Açores), do GB Atlântico (Madeira), os dois primeiros classificados da Zona Sul (Barreirense e Benfica) e os dois primeiros classificados da Zona Norte, ambos da Associação de Basquetebol de Aveiro (Oliveirense e GDG Basquetebol).

Os Sub 14 masculinos GDG/Conceito Família não tiveram dificuldades em vencer os confrontos com as equipas das ilhas, vencendo ainda, o derbi regional frente à Oliveirense por 11 pontos de diferença (43-54), tendo assim obtido as três vitórias que lhe garantiram ainda o lugar no pódio (3º classificado).

Já o confronto com a equipa de Lisboa (Benfica) e do Barreiro (Barreirense) resultaram em duas derrotas com histórias e vivências distintas.

No confronto com o Barreirense, logo na jornada inaugural da Fase Final, os Sub14 do GDG Basquetebol bem lutaram para inverter a prestação dos dois primeiros períodos (primeira parte) que deixaram uma margem confortável ao Barreirense para a segunda parte (36-17). Alguma ansiedade e nervosismo tiraram algum esclarecimento aos atletas do GDG Basquetebol permitindo uma superioridade notória face à equipa que viria conquistar o merecido Título Nacional. Pese embora a excelente réplica dada pelos atletas do GDG Basquetebol na segunda parte, baixando a diferença do marcador para números de apenas um dígito. Mas o resultado final ficaria registado pela diferença de 15 pontos no marcador (64-49).

Já no que diz respeito ao jogo entre o SL Benfica e o GDG Basquetebol, os nossos jovens guerreiros estiveram a 28 segundos da conquista do segundo lugar no Campeonato Nacional, sabendo-se agora o desfecho do último jogo (Barreirense vs Benfica). No final da primeira parte (primeiro e segundo períodos) os Sub14 masculinos do GDG Basquetebol venciam o Benfica por seis pontos de diferença (23-29) e no final do terceiro período o marcador ainda registava uma diferença positiva para a equipa do GDG Basquetebol (34-38). Esta frágil e ténue diferença foi suficiente para nos últimos segundos do encontro o Benfica aproveitar alguns erros e alguma ansiedade dos nosso jovens para conseguir transformar o resultado numa vitória (54-50) num dos jogos, juntamente com o da final, mais emotivos e incertos desta Fase Final Nacional.

Quanto ao dérbie regional, o encontro com os vizinhos da Oliveirense, foi extremamente equilibrado até à segunda metade do quarto e último período altura em que, apesar da aproximação da Oliveirense, um melhor controlo, maior concentração e rigor e uma melhor prestação colectiva da equipa do GDG Basquetebol proporcionou aos Sub14 masculinos GDG/Conceito Família a vitória folgado por 11 pontos de difereça (43-54).

Carlos Jesus.jpg

Outra nota desportiva de destaque a presença do Atltea Sub14 masculino do GDG Basquetebol, Carlos Prieto no Cinco Ideal da Fase Final, sendo, natrualmente, motivo de orgulho para todos: atleta, equipa e clube.

Mas independentemente dos resultados e do excelente e merecido terceiro lugar conquistado, mesmo que os jovens guerreiros tivessem ficado em sexto, à alguns aspectos que merecem tão ou maior destaque como os resultados. Apesar das idades (12 e 13 anos) os jovens atletas do GDG Basquetebol foram um inacreditável e irrepreensível exemplo em jogo, como equipa, fora do campo, fora do pavilhão, nesta concentração de três dias. Só com um verdadeiro espírito de grupo, sentido colectivo e respeito mútuo entre todos (incluindo treinadores, directores e o fisioterapeuta Rafael) foi possível alcançar o feito histórico de serem a primeira equipa masculina numa Final Nacional e terem, inquestionavelmente, alcançado o honroso terceiro lugar nacional. Foram Campeões.

Nota final mas não menos importante, aliás, demasiadamente importante. Não vamos citar nomes porque correremos o risco de, por mero lapso, podermos esquecer alguém. As pessoas sabem quem são. Mas há ainda lugar de destaque, de enorme destaque, e uma merecida "ovação de pé", para os familiares destes jovens que sempre acreditaram que o sonho era possível, que estiveram lado a lado com eles em todos os momentos desta Fase Final Nacional (no apoio incansável e nos pequenos pormenores), para os muitos AMIGOS do GDG Basquetebol e da equipa que preencheram em número significativo a bancada do pavilhão do Olivais, com igual nota para o incansável e presente apoio que o fisioterapeuta Rafael (da Fisiomanual) prestou a todos estes miúdos.

As vitórias, as medalhas, as conquistas têm, de facto, um sabor e um saber diferentes quando alcançadas por um todo.

Obrigado aos pais, familiares e amigos destes jovens pela presença e apoio sentidos.

É por isto que... SER GDG É SER ÚNICO!

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:01

#RUMOACOIMBRA com #océuéolimite

por gdgbasquetebol, Quinta-feira, 16.06.16

Nacional sub 14 M finallll 2-1.jpg

Nacional sub 14 M finallll 2-2.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:07

A 48 horas do #rumoacoimbra. GDG Basquetebol à conversa com...

por gdgbasquetebol, Quarta-feira, 15.06.16

Faltam cerca de 48 horas para que os Sub14 masculinos GDG/Conceito Família iniciem a sua participação na Fase Final do Campeonato Nacional 2015-2016.

O Ponto Alto federativo será realizado em Coimbra, no Pavilhão do Olivais e os nossos jovens atletas iniciam a fase Final com o primeiro jogo, na sexta-feira, às 10:30 horas, frente ao Barreirense, primeiro classificado da fase de apuramento na Zona Sul.

Estivemos à conversa com o treinador Salvador Silva e com o capitão da equipa Sub14 de GDG Basquetebol, Miguel Monteiro.

Quisemos saber como está a ser vivido este momento especial para a equipa e para o clube e até onde é que o sonho conduz estes jovens que já conquistaram o feito inédito de colocar, pela primeira vez na história do clube, uma equipa masculina numa Final Nacional.

Miguel Monteiro Lucas.jpg

(GDG) Vamos falar de história. Há dois anos, contra algumas expectativas, os Sub14 masculinos fizeram história ao conquistarem o primeiro título distrital para uma equipa masculina no GDG Basquetebol. Ainda te recordas?

(Miguel Monteiro) Claro, como poderia não me recordar? Foi uma experiência fantástica que vou guardar para sempre na minha memória. Ser campeão não acontece "todos os dias" e é uma sensação fantástica, é a recompensa de muito esforço, muito trabalho e dedicação!

Depois do mérito do segundo lugar na Final Distrital deste ano, face a um presença no campeonato nacional que não é fácil, aliás é desportivamente exigente, na parte final, depois da derrota caseira frente ao Braga, muita coisa estava em jogo. Para a equipa ir até onde o sonho vos permite era necessário vencer o último e derradeiro jogo, precisamente, em Braga. Como é que se prepararam para esse importante e decisivo desafio?
Sempre encarámos todos os treinos e jogos como uma final...sabíamos que esse jogo poderia ser o último jogo da época ou o inicio do sonho, logo nessa semana treinámos arduamente e focados para alcançar o nosso objetivo que era a presença na fase final nacional.

A vitória foi alcançada e a equipa Sub14 masculina escreveu mais uma importante página desportiva na história do GDG Basquetebol. Um duplo feito inédito: a primeira vez que uma equipa masculina e, ao caso, os sub14 masculinos atingem uma Final de um Campeonato Nacional. A festa já sabemos que foi “rija”, mas conta-nos como era o espírito da equipa no final do jogo.
BRUTAL!!!!!!!! Estávamos todos super felizes e orgulhosos do nosso percurso, nós, os pais e todos que nos acompanham... até parecia que estávamos a jogar em casa. Quando a buzina tocou no final do jogo e olhámos para o marcador só nos passava uma coisa pela cabeça: WE DID IT!!!

Foi quase um "Yes We Can" à Barack Obama. E agora? Seis equipas disputam o título nacional. Teoricamente sabemos que as equipas das ilhas (por norma, apenas por norma) são mais acessíveis e também já ultrapassámos o “fantasma” chamado Oliveirense. Sabendo também que as equipas da zona de Lisboa são, por norma, fortes, até onde é que achas que a equipa pode ir?
Agora estamos lá e no mesmo ponto de igualdade de todas as outras equipas, até mesmo as equipas das ilhas. Como sempre vamos entrar em cada jogo com um único objetivo: GANHAR!!! Não desprezamos nenhuma equipa, mas também não tememos nenhuma, pois trabalhámos muito, mas mesmo muito, para estes dias que nos esperam. Certezas só tenho uma, vamos deixar tudo em campo, em cada jogo, lutar por cada bola como se fosse a última! Não será fácil, mas também não é impossível ...

Não é bem até onde conseguirão ir… isso até eu sei onde quero que vocês cheguem (sorrisos). De forma realista, o título é acessível?
De forma realista, porque não? Acha que não? Nós achamos que sim, trabalhamos para isso, e nunca se esqueça: O IMPOSSIVEL SÓ EXISTE ATÉ APARECER ALGUÉM QUE PROVE O CONTRÁRIO!!!!!

Estamos na recta final da época. Que avaliação fazes ao trabalho realizado e ao grupo?
Independentemente do que possa acontecer, a avaliação só pode ser muito positiva, somos um grupo unido, com muitos bons momentos, com outros menos bons, mas sempre trabalhámos para a equipa e em cada treino queríamos ser melhores do que no treino anterior. Com muito espírito de sacrifício e muita vontade de vencer, e muito conscientes que O ÚNICO LUGAR ONDE O SUCESSO VEM ANTES DO TRABALHO É NO DICIONÁRIO. Conquistámos o nosso lugar nas 6 melhores equipas nacionais e essa conquista já ninguém nos tira.

Miguel Monteiro quis ainda terminar em grande e com maiúsculas, orgulhosamente GDG.

Para terminar, só me resta dizer que aconteça o que acontecer, ORGULHO-ME, E MUITO, DE TER PARTILHADO AS QUATRO LINHAS COM ESTES MEUS COLEGAS, E COM O MEU TREINADOR, SEM NUNCA ESQUECER A NOSSA SECCIONISTA ISABEL, O DIRETOR FILIPE E O GRANDE FISIO RAFA.
OBRIGADO PELO APOIO INCONDICIONAL DOS PAIS, FAMILIARES E ADEPTOS. SEM VOCÊS ISTO NÃO ERA A MESMA COISA! TODOS RUMO A COIMBRA!
#RUMOACOIMBRA #PRACIMADELES #ÀCONQUISTADOSONHOMAIOR #JÁFIZEMOSHISTÓRIA #ONETEAMONEDREAM
#TEAMDOBICHO #JUNTOSOMOSMAISFORTES

A vez e a voz do responsável pela equipa Sub14 masculina e, obviamente, também por uma grande parte do sucesso desportivo destes jovens. Treinador, Salvador Silva.

Salvador Silva - treinador.jpg

(GDG) Vamos falar de história. Há dois anos, contra algumas expectativas, os Sub14 masculinos fizeram história ao conquistarem o primeiro título distrital para uma equipa masculina no GDG Basquetebol. Ainda há memória desse marco importante?

(Salvador) É evidente que as memórias vão ficar para sempre, foi algo que nos deu muito trabalho a conquistar . Quando iniciamos essa época nem nos melhores sonhos imaginavamos chegar ao primeiro lugar. Fomos no entanto apercebendo-nos que com muito trabalho e dedicação era possível chegar á final e depois de lá estar tudo era possivel.

Depois do mérito do segundo lugar na Final Distrital deste ano, face a uma presença no campeonato nacional que não é fácil, aliás é desportivamente exigente, na parte final, depois da derrota caseira frente ao Braga, muita coisa estava em jogo. Para a equipa ir até onde o sonho vos permite era necessário vencer o último e derradeiro jogo, precisamente, em Braga. Como é que se prepararam para esse importante e decisivo desafio?
Todos os jogos são preparados por nós da mesma forma. Estamos num escalão em que mais importante do que o adversário somos nós. A forma como encaramos cada exercício do treino, cada lançamento, a maneira como interagimos entre nós é mais importante do que pensar contra quem vamos jogar. podemos e direccionamos o treino para aquilo que poderá ser o jogo sem que os atletas no entanto se apercebam. A tranquilidade é essencial fazendo-os perceber que são momentos como estes que os fazem crescer.

A vitória foi alcançada e a equipa Sub14 masculina escreveu mais uma importante página desportiva na história do GDG Basquetebol. Um duplo feito inédito: a primeira vez que uma equipa masculina e, ao caso, os sub14 masculinos atingem uma Final de um Campeonato Nacional. A festa já sabemos que foi “rija”, mas conta-nos como era o espírito da equipa no final do jogo.
No final do jogo ficamos todos com a sensação do dever cumprido e ainda por cima com uma vitória, pois o que nos propusemos para o jogo era antes de o vencer limpar claramente a má imagem, em termos basquetebolisticos, que tinhamos deixado no jogo da primeira volta. Sabendo que se jogassemos o que está ao nosso alcance estariamos mais perto de ganhar.

E agora? Seis equipas disputam o título nacional. Teoricamente sabemos que as equipas das ilhas (por norma, apenas por norma) são mais acessíveis e também já ultrapassámos o “fantasma” chamado Oliveirense. Sabendo também que as equipas da zona de Lisboa são, por norma, fortes, até onde é que achas que a equipa pode ir?
O compromisso que temos é encarar cada jogo como se do último se trata-se. Numa Fase final etão sempre as melhores equipas e todas com as mesmas expectativas, ganhar. Nós chegaremos com certeza aonde o nosso empenho na disputa de cada lance nos levar.

Não é bem até onde querem ir… De forma realista, o título é acessível?
Há uma frase que diz: "o impossível só existe até aparecer alguém e provar o contrário". É este o nosso espirito.

Estamos na recta final da época. Que avaliação fazes ao trabalho realizado e ao grupo que tiveste pela frente?
Sem menosprezo por todas as outras equipas que treinei na formação do clube, esta é de longe a mais solidária, empenhada em todos os momento, é o grupo que luta claramente todo pelos mesmos objectivos e aonde as vitórias e as derrotas são sentidos por todos da mesma forma. Isto ajuda e de que maneira no desenvolvimento do trabalho diário. É evidente que o trabalho realizado só pode ser considerado bom, pois atingimos todos os objectivos a que nos propusemos, tanto individuais como colectivos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:46

Fazer e escrever a história do GDG em hastags... #rumoacoimbra (III)

por gdgbasquetebol, Terça-feira, 14.06.16

A três dias do início da Fase Final Nacional Sub14 masculinos que se realizará em Coimbra (pavilhão do Olivais), entre os dias 17 e 19 de junho, voltamos aos testemunhos e aos apelos dos nossos atletas Sub14 masculinos GDG/Conceito Família.

As hastags seleccionadas desta vez são: #jáfizemoshistória e #oneteamonedream

#rumoacoimbra pela voz dos atletas Carlos Prieto e Hugo Viegas.

Carlos Prieto #9

Hugo Viegas #32

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:09

Sub14 maculinos preparam Fase Final Nacional

por gdgbasquetebol, Terça-feira, 14.06.16

A plataforma comunicacional Gafanha TV realizou um vídeo promocional do trabalho de preparação da Fase Final Nacional da equipa Sub14 masculina GDG/Conceito Família.

É já na próxima sexta-feira que se inicia este importante e inédito marco desportivo na história do clube.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:59

Somos notícia na Rádio Terra Nova... Comunicado

por gdgbasquetebol, Terça-feira, 14.06.16

Ontem a secção do GDG Basquetebol foi convidada, pela Rádio Terra Nova, a explicar o comunicado que emitiu.

Fica aqui o registo da notícia e do respectivo som (clicar na imagem para aceder à informação e ao registo sonoro).

untitled.bmp

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:45

Liga Feminina - Comunicado Oficial GDG Basquetebol

por gdgbasquetebol, Segunda-feira, 13.06.16

13230088_1307843509229044_2091143650685665937_n.jp

COMUNICADO

I. A propósito da notícia veiculada pelo jornal Record no dia 11 de Junho, sob o título “Gafanha cede lugar ao Vagos na Liga Feminina”, e face à quantidade de reacções despropositadas e infundadas que surgiram, a Secção de Basquetebol do Grupo Desportivo da Gafanha vem publicamente esclarecer.

  1. O prazo para inscrição das equipas na Liga Feminina de Basquetebol, conforme estipulado no comunicado oficial da Federação Portuguesa de Basquetebol 214-2015/2016 de 6 de Junho, termina a 27 de Junho próximo.
  1. A Secção de Basquetebol do Grupo Desportivo da Gafanha recebeu uma convocatória/convite do Director Executivo da Liga Portuguesa de Basquetebol e Proliga para estar presente numa reunião agendada para Fátima no dia 14 de Junho, sendo que o ponto 2 da Ordem de Trabalhos era referente á preparação da época de 2016/2017.
  1. Neste sentido, face aos timings em questão e por respeito a todo o basquetebol, a Secção de Basquetebol do Grupo Desportivo da Gafanha informou a FPB qual a sua posição. E apenas a FPB.
  1. A notícia difundida pelo jornal Record não é da responsabilidade do Clube, nem tão pouco foi comunicada qualquer posição oficial nem à comunicação social, nem por qualquer outra via.

II. Embora a Secção de Basquetebol do Grupo Desportivo da Gafanha entenda que ainda não seria este o devido tempo para tornar pública a sua opção, os timings da gestão do basquetebol no clube são da inteira responsabilidade da secção, face às reacções perante a notícia do jornal Record importa publicamente esclarecer e informar.

  1. Ao contrário do que é noticiado pelo jornal Record o Grupo Desportivo da Gafanha não cedeu qualquer direito desportivo à AD Vagos já que este clube permanece na Liga Feminina pela vaga deixada pelo Sporting Clube de Portugal após a sua desistência da competição, assim determinado pelos regulamentos federativos.
  1. O basquetebol sénior do Grupo Desportivo da Gafanha tem desde há três épocas um protocolo com a AD Vagos tornando-se, neste escalão, seu clube satélite, de uma forma séria e transparente, tendo em conta a difícil e particular realidade do seu plantel sénior feminino.
  1. Os objectivos do protocolo são, e sempre foram, claríssimos para ambas as partes, para as atletas e para os respectivos treinadores. Do lado do Grupo Desportivo da Gafanha, existindo essa condição, o objectivo é o de proporcionar às suas atletas um trabalho e um contacto directo com a competitividade de um clube presente na Liga Feminina. Do lado da AD Vagos proporcionar a atletas da equipa da Liga Feminina, com pouco tempo de utilização no campeonato, o maior número possível de minutos de jogo com vista a melhorarem a sua competitividade e capacidade desportiva.
  1. Ao contrário do que é especulado, o direito desportivo de acesso a um lugar na Liga Feminina na próxima época não advém do facto do Grupo Desportivo da Gafanha ter conquistado o título de Campeão Nacional da I Divisão Sénior Feminina. Esta histórica e inédita conquista é mérito desportivo, é o resultado de um trabalho de equipa, em equipa, e que teve, inquestionavelmente, o imprescindível contributo de atletas da AD Vagos ao abrigo do referido protocolo. O direito desportivo de acesso a um lugar na Liga Feminina advém do facto do clube ter sido, juntamente com o Académico FC, um dos finalistas do Campeonato.
  1. Independentemente da tendência de decisão interna sobre a opção do clube, a Secção de Basquetebol do Grupo Desportivo da Gafanha teve sempre em discussão e em análise qualquer das possíveis opções (estar ou não estar presente na Liga Feminina), até ao conhecimento factual da desistência do Sporting Clube de Portugal que alterou substancialmente a realidade e o contexto. Todos os cenários possíveis eram, aliás, do conhecimento informal da FPB, da Associação de Basquetebol de Aveiro, de diversas entidades parceiras e da própria AD Vagos. Situação que se começou a desenhar e a ser analisada ainda durante os “playoffs” conforme comunicação trocada entre o clube e a Federação Portuguesa de Basquetebol.

III. Assim, a Secção de Basquetebol do Grupo Desportivo da Gafanha optou, após deliberação em reunião própria, informar a FPB (e foi isto que foi efectuado) que prescinde do seu direito desportivo de acesso a um lugar na Liga Feminina, sendo que caberá exclusivamente à FPB a sua atribuição a outro clube. A saber ainda…

  1. A Secção de Basquetebol do Grupo Desportivo da Gafanha honra-se de ter vencido o Campeonato Nacional da I Divisão com todo o mérito, transparência e verdade desportiva. O Clube orgulha-se do esforço das suas atletas, todas elas independentemente do vínculo desportivo ao Vagos ou ao Gafanha, e do trabalho da sua treinadora. Foi um marco histórico importante e que vale pelo valor desportivo e não por qualquer outro objectivo. Orgulhamo-nos do feito e repetiríamos tudo de novo se assim fosse possível.
  1. A Secção de Basquetebol do Grupo Desportivo da Gafanha entende que não há qualquer viabilidade desportiva, competitiva, económica e estrutural/organizativa para, na região de Ílhavo, Aveiro e Vagos, num raio tão curto (inferior a 20 quilómetros) coexistirem duas equipas na Liga Feminina de Basquetebol. Não existem condições de recrutamento de atletas, não existem condições estruturais, nem capacidade económica para os exigentes desafios de uma Liga Feminina. O contrário seria andarmos a brincar ao basquetebol, não sermos sérios, viver acima das nossas capacidades, algo que traria, num futuro imediato, uma factura demasiado elevada, tal como já aconteceu num passado recente.
  1. Para terminar, a Secção de Basquetebol do Grupo Desportivo da Gafanha reitera publicamente o enorme orgulho pela conquista do Campeonato Nacional da I Divisão Sénior Feminina 2015-2016, um enorme respeito pelo grupo de trabalho que conquistou esse feito (atletas e treinadora), a satisfação para, em colaboração com a AD Vagos, ter criado condições competitivas muito interessantes para as suas atletas dos escalões de formação e para o seu futuro desportivo.

Orgulhamo-nos de sermos quem somos, de gerirmos a secção com realismo mas também com determinação e ambição. Foi uma enorme época desportiva no escalão sénior feminino do clube, algo que já não vivíamos há alguns anos. Não se prepara uma Liga Feminina em apenas dois ou três meses. Nós não brincamos ao basquetebol.

A bem do Basquetebol e do Clube.

Gafanha da Nazaré, 13 de junho de 2016

A Direcção da Secção de Basquetebol do Grupo Desportivo da Gafanha

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:55

Minis GDG/Peixovar em grande na Festa Final da ABA

por gdgbasquetebol, Segunda-feira, 13.06.16

A Associação de Basquetebol de Aveiro promoveu, no passado dias 10 de junho (sexta-feira) a Festa Final do Minibasquetebol 2015-2016.

O Pavilhão do Clube do Galitos e a zona envolvente foi palco para uma enorme festa do minibasquetebol que envolveu várias centenas de crianças de todos os clubes da ABA.

As nossas promessas futuras não quiseram faltar à festa. Mais ainda... FIZERAM A FESTA.

É este o nosso Futuro.

Ser GDG é ser Único.

os jogos...

WP_20160610_044.jpg   WP_20160610_035.jpg

WP_20160610_030.jpg   WP_20160610_050.jpg

 a festa...

WP_20160610_010.jpg   WP_20160610_025.jpg

WP_20160610_001.jpg   WP_20160610_037.jpg

WP_20160610_070.jpg   WP_20160610_041.jpg

WP_20160610_054.jpg   WP_20160610_059.jpg

WP_20160610_061.jpg   WP_20160610_065.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:47

Fazer e escrever a história do GDG em hastags... #rumoacoimbra (II)

por gdgbasquetebol, Domingo, 12.06.16

Entramos na semana que antecede esse ponto alto na história do GDG Basquetebol: a primeira presença numa Final Nacional masculina, ao caso com a meritória presença dos Sub 14 masculinos GDG/Conceito Família.

As hastags selecionadas desta vez são: #àconquistadosonhomaior e #océuéolimite

#rumoacoimbra pela voz dos atletas Rui Pedro Fernandes e Yosvani Culanda.

Rui Pedro Fernandes #5

Yosvani Culanda #23

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:28

Fazer e escrever a história do GDG em hastags... #rumoacoimbra

por gdgbasquetebol, Sábado, 11.06.16

Depois do primeiro apelo do treinador Salvador Silva e do capitão Miguel Monteiro Lucas é altura para publicarmos mais dois testemunhos de atletas da equipa Sub14 masculinos GDG/Conceito Família.

O Gabriel Rouxinol e o Diogo Secundino Gonçalves dão expressão viva ao #teamdobicho e #pracimadeles.

E lançam um forte e convicto apelo.

Gabriel Rouxinol #30

Diogo Secundino Gonçalves #6

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:47

É já daqui a uma semana... certinha. Força Sub14 Masculinos

por gdgbasquetebol, Sexta-feira, 10.06.16

00 a caminhao de Braga.jpg

Precisamente de hoje a sete dias arrancará mais um Ponto Alto Federativo com a presença dos Sub14 masculinos GDG/Conceito Família: Fase Final do Campeonato Nacional Sub14 Masculinos.

Pela primeira vez na história desportiva do GDG Basquetebol uma equipa masculina atinge uma Final Nacional.

O escalão Sub14 masculino tem a particularidade de, em dois anos apenas, ter escrito muita da história do GDG Basquetebol. Há dois anos venceram pela primeira vez na história desportiva do clube um campeonato distrital (em Ovar) e agora alcançaram o feito inédito de estarem a competir numa Fase Final Nacional.

É já na próxima sexta-feira, 17 de junho, que os nossos jovens guerreiros iniciam esta meritória estreia juntamente com mais cinco equipas: a Oliveirense (também da Associação de Basquetebol de Aveiro), o Benfica, o Barreirense e dois representantes das ilhas (o União Sportiva, dos Açores e o GB Atlântico, da Madeira). Os jogos terão lugar no pavilhão do Olivais, em Coimbra, conforme calendário que já divulgámos aqui.

O grande mérito foi a conquista deste acesso e desta presença no ponto alto mais importante do Campeonato Nacional: a sua final.

A partir daqui tudo é possível alcançar e nada se perde se nada for conquistado, desde que haja dignidade, esforço, empenho, respeito e muito divertimento a jogar basquetebol.
O nervosismo e a ansiedade são naturais e legítimos. Também alguma euforia à mistura e um acreditar que nada é impossível.
Mas o que os Sub14 masculinos querem mesmo é sentir o apoio que as seniores femininas sentiram na sua final em Cantanhede ou o apoio demonstrado às Sub16 femininas, na Gafanha da Nazaré.
Porque merecem... e muito.
Pedimos a toda a equipa Sub14 masculina que apelasse ao apoio de toda a Família GDG Basquetebol neste momento histórico na vida do clube e neste merecido "prémio" para a equipa Sub14 masculina (os que não estão foi por clara inibição e vergonha, por opção pessoal).
Qualquer equipa tem duas referências na sua organização e gestão: o treinador e o capitão. São precisamente o treinador Salvador Silva e o capitão Miguel Monteiro que iniciam o desfilar de desafios a todos os amigos, familiares e apoiantes do GDG Basquetebol.

Treinador, Salvador Alexandre Silva

Capitão, Miguel Monteiro Lucas

Há dois anos aceitei prontamente o convite que me foi feito para acompanhar a equipa Sub14 masculina na Fase Final Distrital, em Ovar, tendo presenciado esse momento único que foi a conquista do título de Campeões Distritais. Alguns desses jovens guerreiros ainda jogam na actual equipa Sub14 masculina, bem como na altura o treinador era igualmente o Salvador.
Por razões que se prenderam com a calendarização das seniores femininas e dos sub18 'B' masculinos foi-me, de todo, impossível, este ano, estar em Oliveira de Azeméis na fase final distrital desta época.
O que não podia recusar era este convite, mais uma vez, para estar com estes enormes guerreiros e com o Salvador em mais um momento tão importante nas suas carreiras desportivas. É uma honra e um orgulho. Tinha dito ao Salvador que acreditava numa presença na Final Distrial da equipa Sib14 masculina. Na véspera da final distrital tinha dito ao Miguel Monteiro que era possível conquistarem o título (por pouco, muito pouco mesmo, não foi possível). Quando já alguns pensariam que a equipa "morreria na praia" voltei a dizer ao Salvador que iam estar em Coimbra (na mouche).
Estes atletas e o treinador merecem todo o meu respeito e apoio pelo seu valor, empenho, entrega e conquistas, acrescentado igualmente a consideração que me merecem os pais e familiares de todos eles porque também deles é um bocadinho de todo este mérito.
Senti, a 21 de maio, em Cantanhede, o quão importante é ver uma bancada toda a apoiar, a incentivar e a motivar-nos. A equipa sénior feminina do GDG Basquetebol não teria, sozinha, conseguido alcançar esse marcos também histórico com a conquista do Campeonato Nacional da I Divisão. Por isso acho que é tão importante (mesmo na sexta-feira, dia de trabalho) "não ficarmos em casa". Eu vou lá estar e gostava de vos ver também lá. Força Campeões.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:50

Campo de Férias GDG Basquetebol - "Férias com(n)Vida 2016"

por gdgbasquetebol, Sexta-feira, 10.06.16

cartaz Férias 2016.jpg

O GDG Basquetebol vai promover, entre a última semana de junho e até ao final do mês de julho, a segunda edição do campo de férias GDG Basquetebol destinado a crianças e adolescentes com idades compreendidas entre os 6 e os 12 anos.

A acção tem como objectivo proporcionar um primeiro contacto com a realidade do clube, uma ocupação divertida e diferente neste alargado período de férias escolares, com a garantia da qualidade formativa e ocupacional do GDG Basquetebol devidamente monitorizada por treinadores e monitores dos quadros técnicos do Clube. A orientação técnica e organização do segundo Campo de Férias GDG Basquetebol será da responsabilidade dos treinadores Jorge Cunha e Rochelle Roque.

Serão proporcionadas diversas actividades multidisciplinares (desportivas, lúdicas e de lazer), sob a coordenação de seis monitores, entre os dias 27 de junho e 29 de julho, repartidos em 5 módulos semanais (de 27 junho a 1 julho | de 04 a 11; de 11 a 15; de 18 a 22; e de 25 a 29 de julho), das 9:00 às 17:30 horas.

O valor de cada módulo semanal é de 35 euros (inclui almoço e boné). As crianças devem ser portadoras de protector solar e muda de roupa, para além de roupa adequada à prática desportiva. A organização oferece ainda os utensílios (lancheira) necessários para as refeições.

Informações mais pormenorizadas e as inscrições na secretaria do Pavilhão da Gafanha da Nazaré.

Pode fazer aqui o donwload da ficha de inscrição, preencher todos os elementos, assiná-la e entregar no Pavilhão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:00

Atletas do GDG Basquetebol integram Selcção Nacional Sub16 Femininos

por gdgbasquetebol, Sexta-feira, 10.06.16

Marta - Bruna - Mendes CAR Jamor.jpg

As atletas da equipa Sub16 feminina do GDG Basquetebol, Marta Lino, Bruna Zagaria e Mariana Mendes integram a convocatória para o estágio da Selecção Nacional Sub16 Femininos que terá lugar na Cruz Quebrada (Lisboa) entre os dias 13 e 16 de junho.

Os trabalhos de estágio da Selecção Nacional têm como objectivo preparar a equipa da selecção para a melhor participação possível no Campeonato da Europa que decorrerá, este ano, em Itália (Udine).

As três atletas do GDG Basquetebol representam um dos dois clubes da Associação de Basquetebol de Aveiro presentes nesta convocatória, às quais se junta a atleta do Galitos, Catarina Silva.

Na lista das 15 atletas convocadas dar nota da presença de quatro atletas que estiveram presentes na Fase Final do Campeonato Nacional Sub16 femininos que decorreu na Gafanha da Nazaré no passado fim-de-semana: Carolina Oom e Mariana Carvalho (Quinta dos Lombos) e Dilma Semedo e Raquel Laneiro (Basket Queluz).

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 12:04

Calendarização da Fase Final Nacional Sub14 Masculinos

por gdgbasquetebol, Quinta-feira, 09.06.16

Já está definida a calendarização da Fase Final do Campeonato Nacional Sub14 masculinos que decorrerá em Coimbra (Pavilhão do Olivais) entre os dias 17 e 19 de junho.

Com todo o mérito desportivo e de forma inédita, vai estar presente nesta Fase Final a equipa Sub14 masculina GDG/Conceito Família que terá o seu primeiro jogo na sexta-feira, dia 17 de junho, às 10:30 horas frente ao Barreirense (1º classificado da Zona Sul).

A restante calendarização das jornadas será em função do resultado do primeiro jogo que os Sub14 masculinos GDG Basquetebol realizam contra o Barreirense (vencedor do jogo 02 ou derrotado do jogo 02).

Calendarizacao.jpg

 

Historico da Prova.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:09

somos notícia... em destaque no portal da FPB - Sub14 masculinos

por gdgbasquetebol, Quinta-feira, 09.06.16

Ainda por definir oficialmente a calendarização da prova, a inédita presença dos Sub14 masculinos na Fase Final do Campeonato Nacional é notícia de destaque no portal da Federação Portuguesa de Basquetebol.

Esta é a primeira presença de uma equipa MASCULINA numa Final Nacional.
Esta é a primeira Final Nacional no escalão Sub14 Masculinos.
Como diz a sabedoria popular "tudo o que vier a mais é lucro". Uma importante parte da vitória está alcançada, com todo o mérito, fruto do trabalho desenvolvido, do empenho e do espírito de equipa. Importante agora é concentração, rigor, sacrifico, mas que os nossos jovens guerreiros se divirtam, se orgulhem do que fizerem e tirem o máximo proveito deste momento inédito que deverá ficar na história desportiva do GDG Basquetebol e na memória destes jovens atletas.

Acresce ainda um dado relevante a esta Fase Final, não sendo inédito não deixa de merecer uma nota de destaque.

A equipa Sub14 masculina GDG/Conceito Família com este importante marco desportivo contribuiu para outro pormenor interessante: a Associação de Basquetebol de Aveiro é a única a ter a presença de duas equipas nesta Fase Final Nacional.

GDG Basquetebol e Oliveirense (ABAveiro) - SL Benfica (ABLisboa) - Barreirense (ABSetúbal) - Sportiva (Açores) e GB Atlântico (Madeira).

untitled.bmp

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:03

Selecção Nacional Seniores Femininos - Convocatória

por gdgbasquetebol, Quarta-feira, 08.06.16

Foi divulgada, em comunicado oficial, a lista das 13 atletas convocadas para trabalho de estágio da Selecção Nacional Sénior Feminina. Os treinos da selecção nacional terão lugar em Paços de Ferreira entre os dias 10 e 19 de junho.

Nota de destaque para a presença na lista das atletas convocadas do nome da Joana Soeiro, atleta dos escalões de formação do GDG Basquetebol e que está, há dois anos, nos Estados Unidos, na Marian University, tendo-se recentemente sagrado Campeã da II Divisão e da atleta da AD Vagos, Joana Canastra que esta época fez parte do grupo de atletas que ao abrigo do protocolo de clube satélite venceu o Campeonato Nacional da I Divisão Sénior Feminina ao serviço do GDG Basquetebol, tendo, aliás, sido a MVP do jogo da Final frente ao Académico FC.

São, por isso, dois excelentes motivos de orgulho também para o GDG Basquetebol.

Parabéns JOANA SOEIRO... Parabéns JOANA CANASTRA

Joana Soeiro em entrevista ao GDG.JPG

13263669_1072967282776010_6562064126025180710_n.jp

Alguns dados curiosos em relação a esta convocatória.

  • das 13 atletas convocadas apenas 5 jogam em Portugal e todas apenas na Liga Feminina (não há nenhuma atleta da I Divisão Sénior feminina)
  • das 8 atletas que jogam em campeonatos e ligas estrangeiras apenas 2 são da competição americana, curiosamente as duas atletas da Marian University (a Joana Soeiro e a sua colega Jessica Almeida)
  • as restantes 6 atletas disputam ligas europeias em Espanha, Itália, Alemanha e Inglaterra. 

Este conjunto de meras curiosidades leva-nos a transcrever aqui, sem qualquer intencionalidade de apoiar ou criticar, a parte final da entrevista que a atleta portuguesa Sónia Reis concedeu ao portal da FPB no momento em que decidiu terminar a sua carreira como atleta após 10 anos ao mais alto nível (Euroliga Feminina) em Espanha. Vale como opinião pessoal, como é óbvio.

Alguma mensagem que gostaria de deixar neste momento de despedida?
Quem ainda pode e está começar que desfrute. Ah, por favor, parem com essa mania de irem todas para o Estados Unidos. Ainda não repararam que o modelo de jogo não é o mesmo que o europeu e a maioria volta pior do que foi! A grande escola de basquete já não é o que era, se fosse, não iria para lá qualquer um! São 4 anos num curso que não serve cá e ainda por cima não evoluem nada que preste a nível tático e técnico. Jogar nas ligas europeias é a melhor escola para qualquer atleta que realmente quer deixar raízes nas competições e ligas europeias. Podia explicar-me melhor, mas isso agora dá muito trabalho, pensem e reflitam. A escolha é vossa, mas sejam inteligentes.

untitled.bmp

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:43

Mensagem de Agradecimento e Felicitações - Junta de Freguesia da Gafanha da Nazaré

por gdgbasquetebol, Terça-feira, 07.06.16

Os momentos vividos em perfeita comunhão, união e relação institucional nunca são repetitivos, nunca são demasiados e nunca serão esquecidos.

A propósito dos mais recentes feitos desportivos do GDG Basquetebol, nomeadamente o último marco para a história do clube que é a meritória e inédita presença dos SUB14 MASCULINOS GDG/Conceito Família na Fase Final do Campeonato Nacional, reproduzimos aqui a mensagem que o Presidente da Junta de Freguesia da Gafanha da Nazaré, Carlos António Rocha, endereçou à Secção de Basquetebol do Grupo Desportivo da Gafanha e a TODA a Família GDG Basquetebol.

Atrevemo-nos, no entanto, a acrescentar, por força do princípio da igualdade que sempre pautou esta secção em relação a TODAS AS EQUIPAS GDG BASQUETEBOL, os seguintes momentos importantes vividos nesta época, para além dos elencados pelo Presidente da Junta de Freguesia da Gafanha da Nazaré: 5º lugar na Fase Final distrital de Sub 14 femininos; Vice-Campeões Distritais Sub 14 masculinos, Campeãs Distritais Sub16 femininos e Campeões Distritais II Divisão Sub 16 masculinos.

Cara Família do Basquetebol do Grupo Desportivo da Gafanha.

Começo a ter um profundo receio de me tornar Aborrecido e Repetitivo. Os Grandes Culpados são vocês. É difícil ficar indiferente a tanta coisa boa, no campo desportivo com que nos vão brindando, fim de semana após fim de semana.

Sem prejuízo de outras ações, tivemos o “ Titulo Nacional” obtido pelas nossas Séniores Femininas em Cantanhede na jornada memorável que nos proporcionaram. Depois, trouxeram para a Gafanha da Nazaré, 3 dias intensíssimos de competição e de Qualidade, na fase final Nacional de Sub 16 Femininas. Jornada extraordinária de dedicação, entrega e sentido de responsabilidade das nossas Campeãs. Sim, Campeãs porque quando se perde também podemos ter muito a ganhar. E nós, vocês, Pais e Público que assistiu, (pavilhão lotado nos três dias), ganhamos todos a lição de que quando damos tudo de nós e não conseguimos porque os adversários são melhores, o saber reconhecer tal fato, é um mérito que poucos tem. E depois ver a tristeza profunda das nossas guerreiras no final de cada jogo, obrigam-nos a Parabenizá-las pelo esforço, e espírito de sacrifício que colocaram no trabalho que desenvolveram. “Campeãs, vamos seguramente ganhar muitas mais vezes e transformar as lágrimas em Grandes Sorrisos. Continuam seguramente a merecer o nosso maior respeito e profunda admiração.

Mas não conseguimos ficar por aqui. As surpresas  (ou não) continuam. Agora os nossos Sub 14 Masculinos em mais uma Fase final que vai acontecer em Coimbra e que para o nosso Basquete é inédita. Mérito de quem acreditou até ao último momento e até à última gota de suor. É com gente com esta fibra, que o Clube e a Gafanha da Nazaré chegaram até ao que somos e lutamos todos os dias por nos superarmos. Parabéns Rapazes e sem contratempos lá estaremos em Coimbra, até porque “ela tem mais encanto na hora da despedida” e nós vamos lutar para não defraudar esse encanto.

Não posso deixar de ter uma palavra de apreço pelos nossos “Masters”. Rapaziada Brava, que todos achamos que iriam ser uma estrutura a brincar e para manter a atividade física, mas afinal de contas tornaram-se em mais um Estandarte da Seção, do Clube e da Freguesia e brindaram-nos com mais uma fase final que se vai aqui disputar. Parabéns malta e cá estaremos para fazer esta caminhada convosco até ao final do vosso caminho.

O lema da Seção é perfeito. “Somos Gafanha e Juntos Somos Mais Fortes”. Continuem assim. E porque não tenho a vossa condição física, já estou cansado, mas ainda me restam forças para vos deixar os “Parabéns” e o “Muito Obrigado” pelo Tanto que tem feito por Vós, pelo Clube e pela Freguesia.

BEM HAJAM
Carlos António das Neves Rocha

Carlos Antonio - JFGN.jpg

 

A Mensagem, como não poderia deixar de ser, é para todos estes (e os que, nesse dia, não puderam estar presentes)

GDGB_0438

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 12:13

Sub16 femininas em destaque no Diário de Aveiro

por gdgbasquetebol, Segunda-feira, 06.06.16

Ganhar Finais é importante do ponto de vista competitivo e da história desportiva de uma clube.

Mas isso não poderá significar a desvalorização do mérito de um clube/equipa em alcançar os momentos importantes das provas e das competições: estar nos grandes palcos e momentos... estar onde muitos apenas conseguem em sonho... onde muitos querem estar mas não conseguem.

E estar com empenho, com vontade, com entrega, com dignidade.

Estas também são importantes (ou mais, para algumas visões ou alguns conceitos) vitórias.

As Sub16 femininas do GDG Basquetebol ficaram em quarto lugar na Fase Final do Campeonato Nacional. Não conquistaram o título, não repetiram o feito de há dois anos quando as Sub14 femininas subiram ao terceiro lugar do pódio nacional. É um facto. Mas são a quarta melhor equipa nacional do escalão, chegaram a um dos grandes momentos, ao momento decisivo, do Campeonato Nacional, onde apenas quatro equipas tiveram essa capacidade. Para a história fica uma época distrital relevante à qual se junta o titulo distrital, uma fase de apuramento para a Final Nacional sem grandes percalços, a presença na Fase Final Nacional realizada na Gafanha da Nazaré, o quarto lugar nacional e a nomeação da Atleta Bruna Zagaria para o 5 ideal na posição de base.

Para a história fica também o destaque e a notícia do Diário de Aveiro sobre esta 28ª Fase Final Nacional Sub 16 Femininas.

da23 - Fase Final Sub16 F Nacional.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:13

somos notícia... em destaque na Rádio Terra Nova

por gdgbasquetebol, Segunda-feira, 06.06.16

A conquista inédita de um lugar na Fase Final Nacional Sub14 masculinos, que será disputada nos dias 17, 18 e 19 de junho, em Coimbra, mereceu nota de destaque na Rádio Terra Nova.

Os nossos jovens guerreiros Sub14 masculinos GDG/Conceito Família vão lá estar. Ou melhor... já lá estão!.

Só falta toda a família GDG Basquetebol marcar presença. Todo o apoio nunca será demais.

Terra Nova - sub14 masc - Final nacional 2016.bmp

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:32

Sub 14 masculinos GDG Basquetebol conquistam feito histórico

por gdgbasquetebol, Domingo, 05.06.16

FASE FINAL 2015-2016.jpg

Os Sub 14 masculinos "reservaram" para este fim-de-semana uma jornada dupla que se afigurava decisiva e carregada de emoções. Dois jogos, um no sábado frente ao Guifões (em casa), e outro, o verdadeiramente decisivo, frente ao SC Braga (em Braga). Em jogo estava, entre o GDG Basquetebol e o SC Braga, a segunda vaga da Zona Norte de acesso à Fase Final Nacional que terá lugar no Olivais, em Coimbra, entre os dias 17 a 19 de junho. Aos Sub14 masculinos restava apenas a vitória sobre o SC Braga (depois de terem perdido, em casa, o jogo da primeira volta) para assegurarem um lugar entre as seis melhores equipas do campeonato nacional Sub14 masculinos.

Com a vitória nos dois encontros (frente ao Guifões por 89-49 e frente ao Braga por 74-86), nomeadamente com a vitória em Braga, os Sub 14 masculinos GDG/Conceito Família fizeram HISTÓRIA. E fizeram história, duplamente.

Primeiro porque esta é a primeira presença de uma equipa sub 14 masculinos do GDG Basquetebol numa Final Nacional.
Segundo porque é a primeira vez que uma equipa de qualquer escalão masculino do GDG Basquetebol atinge uma Final Nacional.

Para a história fica o empenho, o trabalho, a garra, a capacidade de superação da ansiedade e da pressão competitiva, que levaram a que estes jovens guerreiros do GDG Basquetebol, com menos de 14 anos, escrevessem, com todo o inquestionável mérito, uma nova página na história desportiva do GDG Basquetebol. E esta época já são duas novas histórias desportivas no palmarés do GDG Basquetebol (a de hoje escrita pelos Sub14 masculinos e a de há 15 dias escrita pelas seniores femininas).

Classificados em segundo lugar na Zona Norte com 18 pontos (8 vitórias e 2 derrotas), os Sub 14 masculinos, vice-campeões distritais, juntam-se à Oliveirense (Zona Norte), ao Barreirense e ao Benfica (Zona Sul) e a mais duas equipas das ilhas (uma dos Açores e outra da Madeira, à data ainda por conhecer).

Os Sub14 masculinos do GDG Basquetebol chegaram onde muitos tentaram, lutaram, mas não conseguiram.
Os Sub14 masculinos do GDG Basquetebol chegaram onde muitos sonharam mas não chegaram lá.
Agora, resta continuar o empenho, o sacrifício, o trabalho e a entrega... mas, a par a com a legitimidade do sonho, aos Sub14 masculinos do GDG Basquetebol resta aproveitarem o momento de festa e divertirem-se com o Basquetebol.

PARABÉNS, jovens guerreiros.

Nota final... não havia melhor dia, nem melhor festa para a "estreia" do novo "modelito de verão" do GDG Basquetebol... até nisso os nossos Sub14 masculinos foram verdadeiramente "inéditos".
Fica-lhes muito bem.

01 a caminhao de Braga.jpg  02 a caminhao de Braga.jpg

03 a caminhao de Braga.jpg  04 a caminhao de Braga.jpg

 

00 a caminhao de Braga.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:50


SUCESSO - X Torneio Internacional e VI Torneio Carnaval


SlideShow - PATROCINADORES


EQUIPAS 2017/18


TREINADORES 2017-2018

COORDENAÇÃO

Coordenação Geral

Minibasquete

MASCULINO

Seniores

Sub 18

Sub 16

Sub 14

FEMININO

Seniores

Sub 19

Sub 16

Sub 14

INICIAÇÃO - MINIS

Sub 13 - iniciação

Minibasquete