Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Boletim "O Gafanhoto"


VISITAS


Área Reservada


SEGUE-NOS


calendário

Julho 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D


Sub 14 masculinos GDG Basquetebol em análise da época

por gdgbasquetebol, Quarta-feira, 08.07.15

Salvador AlexandreO GDG Basquetebol reconhece o valor e o trabalho realizado pelo seu corpo técnico nesta época 2014-2015, sublinhado na continuidade da colaboração para a próxima época de grande parte dos seus treinadores (as três saídas verificadas ocorreram por opções pessoais), independentemente dos resultados desportivos.
Mas não deixa de ser um facto que a presença em Fases Finais é um "prémio" para o referido esforço e trabalho desenvolvidos, tendo, do ponto de vista competitivo, um especial e natural relevo.

Os Sub 14 masculinos alcançaram, meritoriamente, na época passada o título de campeões distritais, na Fase Final disputada em Ovar. De novo, esta época, marcaram presença na Fase Final Distrital e de novo em Ovar, tendo, desta feita, a equipa da casa, com legitimidade e mérito, conquistado o primeiro lugar.
O GDG Basquetebol analisou com o treinador Salvador Silva não só a Fase Final mas também alguns aspectos da época desportiva, em discurso directo.

De novo, com os sub14 masculinos do GDG Basquetebol, numa Fase Final Distrital.
Antes disso… de forma idêntica à época passada, poucos seriam os que esperariam uma fase regular distrital recheada de bons momentos: presença garantida na Fase Final Distrital e presença no campeonato nacional.
Que avaliação fazes desta época?
A avaliação desta época só pode ser extremamente positiva. Partindo como campeões distritais a responsabilidade era maior, tínhamos que provar a nós mesmos que o título da época anterior era fruto de um trabalho colectivo e não individual. Tivemos algumas dificuldades iniciais na integração dos elementos que transitaram do escalão de sub 12, mas a partir do momento em que os atletas, que já tinham jogado neste escalão, perceberam que seriam muito importantes na integração de novos colegas o desempenho da equipa subiu gradualmente e conseguimos superar o objectivo que tínhamos traçado para a época, chegando pelo segundo ano consecutivo ao Campeonato Nacional.
A nossa participação no respectivo campeonato acabou por ser meritória, apesar da grande diferença física para as equipas adversárias. Discutimos os jogos com todas as equipas, vencemos uma das equipas apuradas para a segunda fase, o Dragon Force, naquele que deve ter sido o nosso melhor jogo ao longo da época. Só no Torneio Inter-Associações estivemos um pouco aquém das nossas possibilidades. Encontrámos adversários competitivos, mas nos dois primeiros jogos poderíamos e deveríamos ter feito algo mais. Contudo penso que deixamos uma boa imagem no clube por todos os locais aonde fomos passando, fomos várias vezes elogiados pela nossa maneira de jogar e isso neste escalão acaba por ser o mais importante.

É um facto que a história, mesmo a desportiva, muito dificilmente e repete. As perspectivas para a Fase final Distrital eram diferentes das do ano passado, independentemente de terem sido campeões. Como foi a Fase Final de 2015?
Esta fase final, contrariamente à do ano passado, surge após sete semanas de paragem. A preparação foi longa, muito desgastante, sem competição oficial; apenas realizámos alguns jogos treinos que não são a mesma coisa. Portanto, para nós, seria uma incógnita a maneira como iríamos responder a uma grande carga física que os atletas iriam estar sujeitos, num curto espaço de tempo. Olhando a nossa postura em cada jogo, só podemos sair satisfeitos com o comportamento dos nosso atletas. Fomos competitivos contra todas as equipas. Realizámos o melhor jogo contra a equipa que se veio a tornar campeã e não fossem alguns pormenores, frutos da imaturidade da idade, poderíamos ter conseguido uma melhor classificação. Numa avaliação mais geral penso que fomos sem surpresa a equipa, entre todas, mais equilibrada e homogénea, factor aliás reconhecido por muitos dos adversários.

Para a próxima época voltas a assumir a responsabilidade de orientar os Sub 14 masculinos, simultaneamente com a equipa sénior. De novo voltas a passar pela experiência de veres subir ao escalão superior atletas e teres a entrada de jovens que surgem do minibasquetebol. Que desafios esperas encontrar com o grupo dos Sub 14 masculinos na próxima época?
Em relação à próxima época, grande parte dos atletas que jogaram a fase final irá permanecer no escalão de sub 14. Os atletas que sobem vindos do escalão sub 12 já foram integrando vários treinos durante a época, estando parte do trabalho de integração dos mesmos nos métodos de trabalho desta equipa já desenvolvido.
Quanto aos objectivos, vamos aguardar para ver como funcionamos enquanto equipa para podermos perceber até aonde podemos chegar, certos de que mais uma vez e como vem sendo hábito nunca iremos virar a cara à luta, deixando o campo no final de cada treino e de cada jogo com a sensação do dever cumprido.

Em jeito de conclusão...
Uma palavra final para os atletas que, ao fim de três anos, vão deixar de fazer parte do grupo que há mais tempo trabalha junto. Da minha parte sei que fui muitas vezes muito duro com eles, assim como com todos os outros, mas só assim conseguimos, época após época, atingir, e nestas duas últimas superar, o que esperavam de nós. O meu obrigado a estes, não esquecendo os que ficam. Espero que continuem a trabalhar como até aqui, sabendo que carregam com eles uma grande responsabilidade, são os únicos campeões masculinos do clube.
Aos que permanecem cá nos encontraremos em Setembro, para continuarmos a evoluir, procurando sempre sermos melhores amanhã do que fomos ontem.

Sub 14 masculinos Fase Final 2014-2015.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:50


SUCESSO - X Torneio Internacional e VI Torneio Carnaval


SlideShow - PATROCINADORES


EQUIPAS 2017/18


TREINADORES 2017-2018

COORDENAÇÃO

Coordenação Geral

Minibasquete

MASCULINO

Seniores

Sub 18

Sub 16

Sub 14

FEMININO

Seniores

Sub 19

Sub 16

Sub 14

INICIAÇÃO - MINIS

Sub 13 - iniciação

Minibasquete